Histórico

A osteopatia foi criada nos Estados Unidos pelo médico Andrew Taylor Still. Filho de um médico e pastor metodista, Still cria uma terapêutica manual de tratamento e diagnóstico com base na anatomia que se contrapõe às terapias até então utilizadas por médicos ortodoxos e tradicionais, como sangrias e purgativos (calomelanos).

A busca por uma terapêutica mais confiável e eficaz, no entanto, não se traduz num esforço único de Still. A osteopatia surgiu em um período em que a medicina norte-americana visava a uma maior projeção e reconhecimento no país.

Still iniciou sua carreira como médico em um aprendizado direto com o pai, algo comum na época. Ele utilizou práticas ortodoxas até o momento em que a morte de três de seus filhos e de sua primeira esposa, durante um surto de meningite em 1864, o fez repensar a eficácia do tratamento médico usual.

Para pensar

Por que não simplesmente padronizar tratamentos como a dor lombar na osteopatia?

Cada paciente possui uma capacidade de adaptação individual, específica e inerente que depende de variáveis intrínsecas e extrínsecas distintas que variam desde o biótipo, da saúde geral, do estado ...

VEJA MAIS

Possibilidades

veja mais sobre o tema