Lucia Lee: o foco não é a doença

Lucia Lee, professora de práticas corporais chinesas do Palas Athena, fala sobre equilíbrio e vitalidade

"Quando damos nome para a doença, tiramos o foco verdadeiro da vitalidade e do autoconhecimento do corpo", pontua Maria Lucia Lee, professora de práticas corporais chinesas. Lee é também responsável por introduzir no Brasil diversas técnicas terapêuticas da medicina tradicional chinesa. Segundo ela, os movimentos dessas práticas reforçam a vitalidade do organismo e potencializam o que há de melhor em cada indivíduo.

Créditos