Namu é

Conheça mais sobre o NAMU

Saiba mais sobre

Os chacras e o crescimento espiritual

O processo de ativação deve ocorrer quando as ações e pensamentos estiverem puros

geralt / Pixabay / CC0 Creative Commons

Muladhara, swadhisthana, manipura, anahata, vishuddha, ajna e sahasrara são os sete principais chacras e estão localizados no topo da cabeça e ao longo da coluna

Manter uma vida equilibrada, tanto física, como emocional, é uma tarefa que o ser humano tenta concretizar todos os dias ao levantar-se. Trabalho, transporte público, trânsito, escola, faculdade e tantas outras situações levam as pessoas a um grande nível de estresse, o que aumenta o desequilíbrio de espírito.

Os chacras são pontos de energias responsáveis pelo fluxo energético no corpo. São os que comandam o psicológico humano, ou seja, o lado mental e intuitivo. Se equilibrados, trazem inúmeros benefícios e ajudam no crescimento interior e espiritual de cada um.

Existem inúmeros chacras distribuídos pelo corpo humano, porém os principais estão localizados no topo da cabeça e ao longo da coluna. São estes: muladhara, swadhisthana, manipura, anahata, vishuddha, ajna e sahasrara, cada um com sua função e as suas cores. De acordo com o especialista Patanga Cordeiro, estes chacras são responsáveis por lidar com os canais de energia Ida, Pingala e Sushumna, os quais são ligados a respiração.

“O chacra do coração, por exemplo, é capaz de nos trazer o sentimento de unicidade universal. Já o do topo da cabeça é o da iluminação. Os chacras mais baixos na coluna também possuem capacidades, mas é perigoso tentar utilizá-los”, relata Cordeiro.

Para ativar um chacra não é necessário saber tudo sobre o assunto, basta querer e ter força de vontade para acontecer. Porém, é preciso estar “puro” nas ações e nos pensamentos para ter o resultado desejado, assim os exercícios e os mantras poderão ajudar na ativação. Normalmente, os praticantes de yoga, por exemplo, começam a ativar ao se concentrarem em cada centro de energia.

“O professor de meditação Sri Chinmoy ensina que se quiser abrir algum dos sete chacras, tente o chacra do coração. Esse lhe dará uma sensação de alegria, paz e bem-aventurança. As emoções externas, vitais ou as perturbadas, serão purificadas pela abertura desse centro, pois é o mais seguro”, declara Cordeiro. Manter o equilíbrio dos chacras não é uma tarefa muito fácil, já que o dia a dia exige muito das pessoas, assim depende muito de cada uma.

É raro acontecer a ativação de todos os chacras ao mesmo tempo, ou seja, o processo ocorre individualmente, a não ser que a pessoa esteja em um nível muito elevado de evolução. Engana-se quem acredita que ao realizar o procedimento, automaticamente, evoluirá espiritualmente como ser humano.

“Acredito que devemos lembrar a razão pela qual nascemos e vivemos no plano físico. Sabemos que o motivo pela qual passamos pela vida é o de reconhecer a nossa origem e ter força e coragem para manifestar Deus aqui na Terra. Isso nós buscamos através da meditação, oração e demais práticas interiores, para silenciar as influências exteriores de baixa consciência em nosso ser e também para a purificação do nosso próprio ser. A abertura dos chacras por si só não terá relação com o nosso progresso espiritual”, finaliza Patanga.

ChacrasConheça os sete chacras

- O chacra muladhara, também conhecido como chacra básico, corresponde a cor vermelha. Ele é responsável por toda a região das pernas e pélvis. Segundo a professora e especialista Kathy Lobos, esse chacra faz conexão com o mundo terreno. A pessoa que estiver com esse chacra equilibrado poderá ter uma vida material, sexual e física melhor.

- O chacra swadhisthana, também conhecido como do sacro, corresponde a cor laranja. O swadhisthana é responsável pelo fortalecimento das ideias, ações e do poder pessoal. Também está relacionado a reprodução humana.

- O chacra manipura, ou do plexo solar, corresponde a cor amarela e está localizado na região do diafragma. De acordo com Sri Chinmoy, ele conquista a tristeza e o sofrimento e faz com que o ser humano consiga dominar sobre eles.

- O chacra cardíaco, ou anahata, está localizado na região do coração. Ele corresponde a cor verde e é responsável pelas emoções, sentimentos, movimentos dos braços e zona do peito. Segundo Chinmoy, o anahata dá acesso ao mundo visível e invisível.

- O chacra azul, laríngeo ou vishuddha chacra está localizado na região da garganta. É responsável pela vocalização, comunicação e todas as expressões.

- O chacra ajna, também conhecido como frontal, está localizado na região das sobrancelhas. Ele corresponde a cor índigo e é responsável pela parte da intuição. Também é associado a visão, o terceiro olho.

- O chacra sahasrara, ou coronário, corresponde a cor violeta. Está localizado no topo da cabeça e é considerado o mais importante de todos os chacras, pois realiza a conexão do ser humano com o universo.

Aprenda a ativar os chacras

Se você quer aprender mais sobre como ativar os chacras, o NAMU Cursos oferece uma série completa com a especialista Kathy Lobos. O curso tem nove aulas que você pode assistir quando e onde quiser. No curso Vinyasa yoga e os chacras você aprenderá sobre o corpo e sua relação com as emoções e a como harmonizá-las. Para maiores informações acesse o site do NAMU Cursos.

Foto 1: Yoshikazu TAKADA / Flickr / CC BY 2.0
Foto 2: Jeanette P / Pixabay: sciencefreak / CC0


Veja também
Curso de vinyasa yoga e os chacras com Kathy Lobos
Aula de vinyasa yoga para iniciantes: trabalhando o quadril
Curso de vinyasa yoga e os chacras com Kathy Lobos