Namu é

Conheça mais sobre o NAMU

Saiba mais sobre

Kiwi, ótimo contra a gripe, o cansaço e o estresse

Fonte de vitamina C, a fruta tem ação anti-inflamatória e protege o organismo de resfriados

Alexas_Fotos / Pixabay / CC0 Creative Commons

Assim como o mamão, se esfregada na carne, a fruta deixa o alimento macio e mais fácil para a ingestão

Conhecido por seu formato oval, casca marrom e polpa verde, o kiwi (Actinidia deliciosa), é nativo da Ásia e uma das frutas mais deliciosas do planeta. Originário da China, essa delícia se espalhou por várias partes do mundo após o sucesso comercial da fruta na Nova Zelândia, já que tinha caído no esquecimento em seu país de origem. O kiwi recebeu o mesmo nome da ave símbolo da Nova Zelândia, em função suas semelhanças com o animal que é coberto de pelos em tons de marrom.

A introdução da fruta no Brasil foi na década de 1970 e, desde então, ganhou o paladar dos brasileiros por seu sabor ácido e levemente adocicado. No Brasil, a fruta já é comum e pode ser encontrada com abundância em feiras e mercados. Sua produção se destaca na região Sul, com Rio Grande do Sul liderando, e na região Sudeste, com São Paulo entre o maior produtor local.

Benefícios

O kiwi é fonte de vitamina E, potássio, ferro, magnésio e fósforo. A fruta também é rica fonte de vitamina C, inclusive possui mais do que a laranja. Essa substância protege o organismo de doenças cardiovasculares e combate os radicais livres, causadores de males como o câncer.

“As propriedades da fruta atuam bem para manter o sistema imunológico saudável, pois podem prevenir gripes e resfriados. O constante consumo mantém sua alimentação saudável”, declara a nutricionista Maiara Fidalgo. Como o corpo humano não produz a vitamina C, o ideal é consumir alimentos que a possuam. Além disso, o kiwi é bom para a pele, pois auxilia no combate ao envelhecimento precoce.

O kiwi tem ação anti-inflamatória e o potássio reduz a pressão arterial e dilata os vasos sanguíneos. A sua pectina ajuda a controlar os níveis de colesterol no sangue. As fibras solúveis presentes na fruta regulam o intestino, o que mantém a o sistema intestinal saudável e evita a prisão de ventre.

“Além de gerar conforto ao estômago, o kiwi tem ação diurética, que reduz inchaços devido a retenção de líquidos”, comenta a nutricionista Maiara Fidalgo. O kiwi é um ótimo aliado para o bom humor, além de prevenir o cansaço e ser bom para aliviar o estresse do dia a dia. Essa fruta também é indicada para aquele lanchinho da tarde, já que as fibras da sua polpa dão sensação de saciedade.

Além de in natura, o kiwi pode ser consumido em saladas de frutas, doces, sobremesas, sucos e em bebidas alcoólicas, como a caipirinha. A casca do kiwi pode ser ingerida, desde que seja bem lavada e os pelos retirados. A clorofila presente na polpa é muito boa para a saúde, pois tem grande quantidade de nutrientes que protegem o organismo. Ao preparar um suco de kiwi, lembre-se de tomar assim que foi feito, já que, se guardado na geladeira, perderá os seus nutrientes. O ideal é consumir o kiwi em até uma semana.

O kiwi é uma das frutas mais indicadas para amaciar carnes por conta da enzima actinidina. Assim como o mamão e o abacaxi, se esfregada no alimento, a fruta deixa a carne macia e melhor para a ingestão. Entre as três variedades, o kiwi é a melhor opção, pois o seu sabor não se infiltra tanto como os outros. Essa substância também é eficaz na digestão, já que auxilia a digerir melhor as proteínas da comida.

Foto: Christian Schnettelker / Flickr