Namu é

Conheça mais sobre o NAMU

Saiba mais sobre

Como cuidar dos cabelos no verão

Sem cuidar da alimentação, o uso de produtos para o cabelo torna-se apenas uma solução paliativa

Andréa Portilla / Flickr: urban hair / CC BY-ND 2.0

Ligia Kogos e Marly Boog dão dicas de alimentação e cremes caseiros para tratar dos fios nos dias de muito Sol

O verão é uma das estações do ano mais esperadas no Brasil. Férias, mar, praia, piscina, cachoeira e bronzeado é o que a maioria das pessoas pensa nessa época. Entretanto, a exposição constante a tudo isso pode trazer consequências indesejáveis para os cabelos. Fios ressecados, opacos, quebradiços, sem brilho e desbotados são alguns dos problemas mais comuns. Mas será possível cuidar bem dos cabelos sem utilizar produtos químicos? 

Para a dermatologista Ligia Kogos, existem boas alternativas: “sempre é possível recorrer a velhos conhecidos caseiros, como azeite de oliva, iogurte, vinagre, folhas de babosa, claras de ovos e mamão papaia”, comenta a especialista. Esses ingredientes podem ser misturados para aplicar nos cabelos durante o processo de lavagem e condicionamento antes de ir à praia ou à piscina. Todo tipo de cabelo pode ser beneficiado com esses tratamentos simples. Porém, é muito importante consultar um especialista antes de utilizar qualquer solução mais caseira. Muita vez, a pele do couro cabeludo pode ser sensível a determinados produtos.

Já existem no mercado brasileiro opções de linhas de tratamento orgânicas ou naturais para quem deseja parar ou diminuir o uso de substâncias químicas nos cabelos. Entretanto, para Kogos, não há garantia de que esses produtos sejam totalmente livres de componentes químicos em virtude de algumas brechas na regulamentação brasileira. “Ainda não há legislação para cosméticos ‘orgânicos’ e ‘naturais’. Isso gera possibilidades para o emprego de matérias-primas não orgânicas em determinadas porcentagens”, comenta.

Alimentação para cuidar dos cabelos no verão

Além dos produtos naturais e orgânicos, alimentar-se adequadamente no verão pode ajudar a manter os cabelos saudáveis mesmo com a exposição ao Sol, ao mar e à piscina sem a utilização de componentes químicos. Na praia, é comum as pessoas ingerirem mais bebidas alcoólicas e descuidar da alimentação. “Elas imaginam que o dano aos cabelos ocorre somente em razão do Sol, mas não é só por isso”, comenta a nutricionista Marly Boog, especialista em reeducação alimentar e promoção da saúde.

Cabelos

De acordo com Boog, o consumo de álcool, alimentos com muito açúcar e carboidratos simples, como pão branco, bolos e bolachas deve ser feito com moderação. Para quem já tem uma dieta balanceada, é possível aumentar consumo de certos alimentos entre 15 a 30 dias antes de se expor ao Sol, mar e piscinas para melhorar a resistência dos fios. O maior consumo de proteínas, por exemplo, ajuda a manter o cabelo mais forte, já que ele é feito em grande parte de queratina.

Outra dica é consumir mais cenoura, abóbora e alimentos alaranjados, ricos em vitamina A e betacaroteno que atuam na regeneração celular e ajudam os fios a resistirem às agressões do verão. “Sem cuidar da alimentação, o uso de produtos para o cabelo torna-se apenas uma solução paliativa e o problema de um cabelo seco, quebradiço e com aspecto não saudável vai persistir. É necessário associar o uso desses produtos com a alimentação para o tratamento agir de dentro para fora”, comenta a Boog.

É importante salientar que a ingestão de pelos menos, dois litros de água ao longo do dia é fundamental para ajudar no transporte e absorção dos nutrientes pelo organismo. Ligia Kogos e Marly Boog ensinam algumas dicas de alimentação para o verão e como fazer cremes caseiros para tratar dos cabelos. As orientações a seguir mostram quais alimentos comer, os principais nutrientes fornecidos, os benefícios e outras dicas de consumo:

Carnes magras: bovina, frango ou peixes (aumentar consumo de peixes), ovos, leites semi ou desnatados e iogurtes magros. Contém proteínas, vitaminas, minerais e ômega-3, que é encontrado também em peixes, como salmão e sardinha. Como os cabelos são compostos principalmente pela proteína queratina, consumir alimentos ricos nesse nutriente fornece o substrato principal para a formação e manutenção de cabelos bonitos, fortes e saudáveis. O ômega-3 ajuda a mantê-lo hidratado e brilhante. Os peixes podem ser consumidos 3 vezes por semana (prefira os ricos em ômega 3). Prefira consumir as carnes grelhadas.

Alimentos alaranjados: cenoura, abóbora, manga, mamão e outros são ricos vitamina A e betacaroteno. Eles ajudam a manter a vitalidade e crescimento dos cabelos, pois são antioxidantes e regeneradores celulares. É importante ingeri-los mais de uma vez por semana, mas não todos os dias os mesmos alimentos. Diversifique a dieta para que não haja carências ou excessos de determinados nutrientes.

Vegetais escuros e feijões: são ricos em ferro, elemento essencial para o crescimento sadio dos fios e diminuição da queda de cabelo. Consumir frutas ou suco ricos em vitamina C, como laranja, limão, acerola ou goiaba, no almoço e no jantar, potencializa a absorção de ferro.

Laranja: além de ser ricas em vitamina C, possui pectina, uma fibra solúvel presente na polpa que ajuda a eliminar toxinas. O excesso de toxinas no organismo pode causar descamação do couro cabeludo e aumento de oleosidade, o que os torna opacos.

Cereais integrais e oleaginosas: os cereais são importantes fontes de vitamina E, complexo B e zinco. Atuam na proteção dos fios, na formação de novas células capilares e suas ausências podem trazer problemas para a estrutura dos fios. A vitamina E é um potente antioxidante que protege as células de lesões e do envelhecimento precoce. O consumo deve ser feito de forma alternada, ou seja, um dia arroz branco e outro integral. O mesmo deve ser feito com os pães. As oleaginosas, como as castanhas, amêndoas e amendoins são boas opções de lanches nos intervalos entre as refeições principais. São alimentos práticos e nutritivos que podem ser levados na bolsa.

Gengibre, cúrcuma, pimenta, canela: ajudam a melhorar o metabolismo e a circulação, o que favorece o crescimento saudável dos cabelos.


Creme para proteger cabelos longos e ondulados do cloro

Ingredientes:
- 1 colher de café de azeite de oliva extra virgem. Passar nos cabelo da nuca para baixo e na superfície dos fios, sem colocar o óleo no couro cabeludo.

Para hidratação e condicionamento de cabelos secos e ressecados:
- ½ copo de iogurte natural integral
- 1 colher de sobremesa de suco de laranja
- 1 colher de sopa de abacate

Aplicação:
Bater todos os ingredientes na mão ou no liquidificador e aplicar nos cabelos após a lavagem. Deixar por 30 minutos e enxaguar.

Foto: Kai Heidel / Flickr: gold / CC BY-ND 2.0