Namu é

Conheça mais sobre o NAMU

Saiba mais sobre

Carambola, ideal para doces e sucos

Ótima para combater infecções, a fruta fortalece o sistema imunológico e ajuda a prevenir gripes e resfriados

chrisad85 / Pixabay / CC0 Creative Commons

Por conter a substância caramboxina, a carambola não é indicada para pessoas que possuem problemas renais

Seu formato lembra uma estrela. De cor amarela, a carambola (Averrhoa carambola) se destaca das demais frutas por seu aspecto diferente e sabor único. Nativa da Ásia, foi introduzida no Brasil em 1817 no estado de Pernambuco. Desde então, ganhou o paladar dos brasileiros. Mesmo deliciosa, a carambola não é produzida em grande escala como outras frutas. O mais comum é encontrá-la em, sítios, fazendas e pomares domésticos.

Segundo a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (CEAGESP), os meses de maior produção da fruta são janeiro, fevereiro, maio, junho, julho e agosto. As variedades podem ser dividas em doces, que possuem coloração amarelo-esverdeada, e ácidas, com a casca totalmente amarela. Israel, Tailândia e Malásia são os principais produtores mundiais da fruta.

O consumo da carambola é diversificado. As ácidas, por exemplo, são bastante utilizadas na produção industrial. Sucos, sorvetes, doces, compotas, caldas e geleias são os produtos mais comercializados a partir da fruta. O consumo in natura é a forma mais comum e saudável de ingerir a carambola, além de ficar ótima em saladas de frutas e sucos naturais. Seu formato de estrela dá um charme especial na preparação de pratos quando cortada em fatias.

Carambola (Averrhoa carambola)

Benefícios

Rica em vitaminas A, C, B, cálcio, fósforo e ferro, a carambola é ótima contra infecções, pois mantém o sistema de cicatrização das células e fortalece o sistema imunológico. Sua ação antioxidante retarda o envelhecimento celular, uma vez que elimina os radicais livres, principais causadores do dano. O consumo frequente pode também prevenir gripes e resfriados.

“Por conter bastante água em sua composição, ela é indicada para tratar hipertensão. Suas propriedades adstringentes também são úteis no tratamento de diarreias e de doenças de pele, como psoríase e dermatites”, comenta a nutricionista Julia Florido. chá feito com a fruta ajuda a combater febres e estimular o apetite. Contudo, para evitar problemas, o mais indicado é não exagerar na dose.

Perigos do consumo da carambola

Apesar de todos os benefícios, a carambola, também é conhecida por ser tóxica e prejudicial ao organismo. A caramboxina, toxina que atua no sistema nervoso, pode levar pessoas com insuficiência renal à morte. Em razão disso, o consumo da fruta deve ser feito com muita moderação por pessoas que têm diabetes e deve ser completamente evitado por quem sofre de insuficiência renal.

“De acordo com um estudo desenvolvido pela USP, a carambola pode provocar crises de soluço, epilepsia, convulsões e, em casos mais graves, morte. Essa substância existe em baixa concentração na fruta, porém é tóxica”, declara a nutricionista Agnes Curto.

Segundo a especialista, a substância é normalmente eliminada por pessoas que não possuem problemas renais. “Por esse motivo, o consumo deve ser evitado por pessoas que realizam, por exemplo, hemodiálise”, reforça Curto. Além da caramboxina, a carambola contém grandes quantidades de ácido oxálico, substância que pode facilitar a formação de cálculos renais. Para quem não tem restrições, o consumo da carambola, além de in natura, pode ser feito em doces e molhos.

Chá de folha de carambola

Pesquisas apontam que o consumo do chá da folha carambola, muito indicado para pessoas que têm diabetes, na verdade, não produz nenhum efeito nesse sentido. “Normalmente, ele é indicado para redução da glicemia em indivíduos diabéticos. Mas um estudo publicado em 2010 na revista Scientia Medica relatou que pacientes com diabetes mellitus tipo 2 que consumiram o chá não tiveram melhora nos níveis glicêmicos, ou seja, não houve redução na quantidade de açúcar no sangue nem alteração das funções renais”, conclui Florido.

Fotos: Swallowtail Garden Seeds; DeusXFlorida / Flickr / CC BY 2.0


Veja também:
Cupuaçu, a joia da Amazônia
Kiwi, ótimo contra a gripe, o cansaço e o estresse
Morango, ideal para as futuras mamães