Namu é

Conheça mais sobre o NAMU

Saiba mais sobre

Cabala: valorize suas aspirações

Para ter uma aproximação com o divino, é preciso deixar de ser egoísta

Ant Jackson / Flickr / CC BY 2.0

Para a filosofia cabalística, somos egoístas quando buscamos realizações que satisfaçam somente as necessidades pessoais. A aproximação com o divino viria com a perda do egoísmo. A partir do momento em que assumimos comportamentos altruístas, ou seja, que visam a necessidades externas em prol de outros, estaríamos cumprindo a vontade de Deus.

Essa linha de pensamento pode ser bem traduzida pela frase presente no Talmude, um registro de discussões rabínicas que engloba leis, ética, costumes e a história do judaísmo: o aspecto mais importante de uma pessoa são suas aspirações e não suas conquistas, porque é o egoísmo que exige conquistas.

O Talmude indica como cada pessoa deve viver sua vida e interpretar os ensinamentos da Torá, antigo testamento judaico. Os mestres da cabala também seguem os princípios da Torá, tomando-a como o caminho para a eternidade.

Fotos: RebeccaVC1 / Flickr / CC BY-ND 2.0; John Bastoen / Flickr / CC BY 2.0


Veja também:
O que é cabala?
A cabala e os relacionamentos afetivos
Conheça a história de Yonatan Shani, do Kabbalah Centre Brasil