Na prática

A filosofia agostiniana é antes de tudo uma compreensão profunda da interioridade do homem:

1) Exercício da fé – A expressão prática está na reclusão espiritual, e na capacidade de assimilar os conteúdos da fé. No sentido clássico da religiosidade, tem um caráter eremita, em que os desígnios da vontade e do conhecimento se voltam para as sagradas escrituras.

2) O estudo da linguagem – A filosofia teológica de Agostinho permite um estudo interessante do domínio da linguagem, por exemplo, na distinção entre a compreensão literal das escrituras e o domínio alegórico que as compõe. É comum que estudiosos da linguística e da filosofia da linguagem se debrucem nos ensinamentos e nos exercícios de compreensão desse tema pela via agostiniana.

Para pensar

A fundamentação da trindade na obra de Santo Agostinho traz o problema de se pensar a sexualidade na doutrina do pecado original. Como o autor se furta desse problema?

Trata-se de um problema controverso saber como ocorre a inclinação para o mal, transmitido de geração em geração, a partir da concupiscência herege em Adão, a qual afeta todos os seres humanos nasci...

VEJA MAIS

Possibilidades

veja mais sobre o tema