Ramificações

O iluminismo desenvolveu de modos diferentes, sobretudo em divisões regiões e áreas do conhecimento:

Iluminismo francês: conhecido como Lumières, foi responsável por grande parte das produções do pensamento moderno a respeito da razão humana, das ciências e das leis. Os grandes expoentes foram Voltaire (1694-1778), Montesquieu (1689-1755), Jean Jacques Rousseau (1712-1778) e Denis Diderot (1713-1784).

Iluminismo escocês: foi a corrente que melhor se dedicou aos estudos sobre economia, culminando em um posterior liberalismo. Muito influenciado pelo empirismo, sobretudo de John Locke (1632-1704). Entre as figuras de maior relevância estão Adam Smith (1723-1790), David Hume (1711-1776), a poeta Alison Rutherford (1712-1794), o engenheiro James Watt (1736-1819) e o arquiteto Robert Adam (1728-1792).

Iluminismo alemão: sobretudo marcado pelo filósofo Immanuel Kant (1724-1804), mas também Johann Gottfried von Herder (1744-1803), Gotthold Ephraim Lessing (1729-1781) e Moses Mendelssohn (1729-1786).

Para pensar

Há limites para o discurso racional?

Quando falamos em razão, não se pode acreditar na perspectiva ingênua de que ela não esteja suscetível ao erro. Ela pode ser esclarecedora, mas também pode produzir ideologias e ações perversas. Por...

VEJA MAIS

Possibilidades

veja mais sobre o tema