Na prática

Encontramos dos modos de vida prática dos existencialistas:

1) Reclusão espiritual: é o momento em que há um afastamento do mundo exterior e de suas aparências.

O existencialista cristão exige certo isolamento para encontrar o apoio da reflexão religiosa sobre a existência. As escrituras sagradas, a feição com a ascese e os rituais religiosos podem fazer parte do percurso de depuração do ser frente à realidade exterior.

O existencialista ateu, por exemplo, pode encontrar apoio no exercício intelectual. Tem uma relação comum com a ascese religiosa, na medida em que a reflexão profunda sobre a existência requer leitura, escrita, e uma distância do modo de vida social vigente.

2) Militância política e social:

É o contraponto do individualismo isolado, em que o existencialista se insere ativamente na sociedade, lutando pela construção de um novo sentido para a prática.

Para pensar

No atual contexto da massificação cultural, o que seria o autêntico exercício de liberdade?

O indivíduo focado em si é aparentemente mais livre porque escolheu como valor principal de sua conduta o interesse próprio. Isso também faz com que suas ações sejam sempre motivadas por esse int...

VEJA MAIS

Possibilidades

veja mais sobre o tema