Ricardo Leme: como ter saúde em uma sociedade doente

A vida contemporânea promove o desequilíbrio, sobretudo na forma de doenças crônicas, alerta o neurocientista

Para o médico, esse fenômeno criou um mercado que lucra com o sofrimento das pessoas. "Optar pela saúde coloca em risco as instituições que se nutrem da população doente", critica.

Créditos