Adriana Carranca: Malala e a literatura infantil

A jornalista e escritora Adriana Carranca explica como foi o processo de elaboração do livro-reportagem sobre Malala

Adriana Carranca, jornalista e escritora, conta como foi sua viagem ao Paquistão e porque resolveu escrever um livro infantil sobre Malala Yousafzai, jovem paquistanesa Nobel da Paz e símbolo de luta por educação das mulheres. “Como jornalista, acredito que a realidade é sempre mais incrível do que qualquer ficção. Eu só consigo escrever aquilo que eu vejo e sobre aquilo que me contam”, afirma Carranca. Para ela, a história é atual e deve ser passada a todos. “É um livro infantil que traz uma história muito contemporânea de um tipo de violência que as crianças estão informadas, inclusive aqui no Brasil. É um livro que fala sobre a escola, sobre o amor a escola e sobre a importância de um pai que deu a essa menina todas as chances de se desenvolver”, finaliza.

Foto: DFID - UK Department for International Develop / Flickr / CC BY 2.0


Veja também:

Malala e a luta pela valorização da mulher
Adriana Carranca fala sobre o livro: "Malala, a menina que queria ir para a escola"
Adriana Carranca fala sobre sua trajetória no jornalismo

Créditos

Direção: Alessandra Haro
Reportagem: Laura Luz
Produção: Guilherme Speranzini
Câmera: Cintia Pimentel e Sandra Adami
Edição e finalização: Joyce Amaral