O que é

Criada pelo médico alemão Samuel Hahnemann (1755-1843), a homeopatia se baseia no princípio de que as mesmas substâncias que causam as doenças ou aquelas que produzem efeitos semelhantes aos de certas doenças podem curá-las quando são aplicadas no indivíduo em doses muito pequenas.

Em razão disso, a homeopatia funciona no sentido oposto ao da alopatia, sistema que preconiza o uso de substâncias de efeito contrário ao das que provocam as doenças.

A base da homeopatia reside na “lei do semelhante” ou “princípio da semelhança”, o qual se formula a partir da frase latina “similia similíbus curantur", isto é, “semelhante cura semelhante”. Hahnemann afirmava que uma grande dose de quinina, substância que foi amplamente utilizada com sucesso no tratamento de malária, havia produzido nele efeitos idênticos aos dos sintomas de pacientes com a doença.

Foi a partir dessa descoberta que Hahnemann passou a trabalhar com a ideia de que as doenças poderiam ser tratadas, em pessoas saudáveis, com medicamentos capazes de produzir ​​efeitos iguais aos sintomas dessas doenças.

Ainda rodeada de muita controvérsia, a homeopatia tem hoje o apoio de instituições como a OMS (Organização Mundial da Saúde) e de governos como o do Brasil, dos EUA e do Reino Unido. Apesar disso, o “princípio da semelhança” segue longe de se tornar uma lei aceita pela comunidade científica e a homeopatia é uma prática ainda muito distante de qualquer tipo de consenso na comunidade médica.

Explore

Nicolas Schor: o que é homeopatia

Nicolas Schor: o que é homeopatia

Vivencie

Palestras e Entrevistas

Nicolas Schor fala sobre homeopatia infantil

Nicolas Schor fala sobre homeopatia infantil
Guia

Colégio Brasileiro de Acupuntura de São Paulo

Colégio Brasileiro de Acupuntura de São Paulo
Guia

APH

APH

Possibilidades

Medicina Tibetana

veja mais sobre o tema