Namu é

Conheça mais sobre o NAMU

Saiba mais sobre

Banana faz bem para o coração

Preferida dos atletas, essa fruta também ajuda combater a insônia, a depressão e problemas cardíacos

Steve Hopson / Wikimedia: Bananas / Creative Commons

Velha conhecida dos países tropicais, a banana (Musa X. paradisiaca) é nativa do sul da Ásia, onde era cultivada há 4.000 anos. A fruta foi levada para a Europa pelos romanos e para a África com a expansão do Islã. Já sua chegada ao Brasil veio na época da colonização, pelas mãos dos portugueses. Seu alto teor de vitaminas, sabor inigualável e baixo custo, fez com que se tornasse uma das frutas mais populares e consumidas pelos brasileiros. Ela pode ser encontrada o ano inteiro em feiras e mercados, porém, a melhor safra acontece entre os meses de maio e junho.

No Brasil, a banana se adaptou muito bem ao solo e ao clima, tanto que o país é um dos principais exportadores, produtores e consumidores mundiais da fruta. Entre as principais variedades comercializadas estão a banana prata, banana da terra, banana maçã, banana de são tomé, banana ouro, banana sapo e a banana nanica, a mais consumida no país.

Benefícios

Por ser rica em carboidratos, vitaminas do complexo B (B1, B2 e B6), C, E e em minerais como magnésio, potássio, ferro e fibras (solúvel e insolúvel), a banana sempre é uma boa opção para se ter uma alimentação saudável. A combinação dos açúcares naturais na fruta (glicose, frutose e sacarose) oferece grande quantidade de energia ao nosso corpo. As propriedades da banana mudam conforme a sua variedade. “ Elas variam em relação ao valor calórico e algumas são mais ricas em certos nutrientes do que outras”, comenta a nutricionista Julia Bueno.

A presença do potássio previne as famosas caimbras e dores musculares, causadas pelo excesso de atividades físicas, e também auxilia o funcionamento cardíaco. Em média, duas bananas produzem energia suficiente para 90 minutos de exercícios. Essas propriedades a tornaram a preferida dos atletas, pois, além desses benefícios, a fruta traz sensação de saciedade e torna a alimentação moderada, sem contribuir para o ganho de peso.

O uso da banana nas dietas ajuda no trânsito intestinal por conta das fibras presentes, o que torna dispensável o uso de laxantes. Em casos de úlcera crônica gástrica ou duodenal é aconselhável ingerir a fruta, pois neutraliza, reduz a irritação e protege as paredes do estômago.

Boa para o coração

Comer banana é muito bom para quem sofre de problemas no coração. Quando consumida entre as refeições, a banana ajuda a manter o nível de açúcar no sangue, além de normalizar o batimento cardíaco. O alto teor de potássio e pouco sódio diminui a pressão arterial e reduz o infarto em 40%.

A banana também é uma ótima aliada para quem sofre com insônia, pois é rica em triptofano, aminoácido precursor da melatonina, mais conhecido como hormônio do sono. Outro benefício é a presença de serotonina, que auxilia a manter o bom humor, tanto que é utilizada no tratamento de pessoas com depressão. “Essa substância ajuda a relaxar, reduz a sensação de dor ou vazio e aumenta a sensação de bem-estar. Assim, a ingestão de doses moderadas da fruta aumenta significativamente o ânimo do paciente, aliviando os sintomas da depressão”, declara a nutricionista.

O consumo da banana é livre para pessoas diabéticas, porém é preciso ficar atento ao tamanho das porções e ao intervalo em que a fruta é ingerida. Organizações como a American Diabetes Association recomendam a fruta e a consideram segura e benéfica para esse tipo de situações, mas ressaltam a importância de um acompanhamento médico, já que a banana possui alto índice glicêmico, principalmente quando está madura. A banana também eleva a capacidade mental e auxilia em casos de alcoolismo, uma vez que elimina toxinas do sangue. O ferro presente na fruta estimula a produção de hemoglobina, substância importante para o combate de anemia.

Doce de banana

Além de in natura, a banana pode ser consumida em doces, bolos, vitaminas, compotas e farinhas. “A fruta também é ingerida com iogurtes, mel, canela, e pode ser assada e cozida, mas, dessa forma, a maior parte das vitaminas e minerais são perdidos”, confessa Bueno. A banana é uma das frutas mais higiênicas que existe, já que é possível descascá-la sem precisar tocar em sua polpa. “A casca da banana também pode ser aproveitada na culinária e em algumas utilidades do dia a dia, como compostagem, fertilizante para as plantas e repelente de insetos. É importante ressaltar que antes de consumir a casca é preciso ter cuidado com os agrotóxicos presentes”, ressalta.

Entre os mitos mais comuns da fruta está o que a banana equivale a um bife. “Não podemos substituir alimentos de famílias diferentes. A banana não tem ferro Heme, o qual é encontrado na carne vermelha e é fonte de aminoácidos. Essa substância não está presente em quantidades suficientes na fruta, ou seja, é um erro tal afirmação”, comenta a nutricionista. Para ter uma alimentação equilibrada é aconselhável procurar alimentos mais saudáveis. “Fique longe de frituras, excesso de doces, bebidas alcoólicas e fast food. Ser saudável, não é privar-se desses alimentos, mas ter moderação ao consumi-los. A alimentação deve ser prazerosa, deve trazer boas memórias e fazer parte da nossa vida por escolha e não por imposição”, conclui Bueno.

Aprenda como fazer uma torta de banana com chocolate.

Foto: Janet Hudson / Wikimedia / Creative Commons