O que é

Sankya está entre os sistemas mais antigos e influentes da filosofia hindu clássica. É uma espécie de dualismo metafísico que separa tudo em “prakriti” e “purusha”, isto é, “natureza” ou “matéria” e “pessoas”. Para esse sistema, tudo ligado à natureza é singular. Já tudo que está vinculado às pessoas é plural. Tanto um conceito quanto o outro são eternos e independentes, ou seja, originalmente separados. Porém, no curso da evolução purusha se identifica erroneamente com aspectos de prakriti. Para a filosofia sankya, o conhecimento correto consiste na capacidade de se distinguir um do outro.

Nessa filosofia, a natureza possui três características básicas:

  • sattva (essência): princípio da luz, bondade e inteligência
  • rajas (pó): princípio da mudança, energia e paixão
  • tamas (escuridão): inatividade, apatia, tristeza e desespero

 

Para alguns pensadores, entre eles Chögyam Trungpa, esses dois conceitos fundamentais da filosofia sankya representam também masculino (purusha) e feminino (prakriti) e são usualmente traduzidos como “mente” e “matéria”.

Possibilidades

Filosofia da Educação

veja mais sobre o tema