O que é

Depilação é a retirada, provisória ou definitiva, dos pelos do corpo. Esse procedimento pode ser feito por motivos de vaidade, higiene ou conforto. Diversos métodos de remoção dos pelos estão disponíveis hoje no mercado de beleza, mas antes de realizar o procedimento é preciso levar em consideração os diferentes tipos de pele, quantidade de pelos e nível de sensibilidade. Além disso, antes da depilação, é essencial tomar alguns cuidados com a pele. São eles: fazer leve esfoliação e mantê-la hidratada. Esses cuidados facilitam a remoção dos pelos e reduzem os danos causados pelos procedimentos depilatórios.

Os principais métodos de depilação são:

Lâmina

Prático, rápido e acessível, retira somente a parte superficial dos pelos e por isso eles voltam a crescer entre dois e três dias após o corte. Não causa dor, mas pode gerar alergias e irritações.

Creme depilatório

Indolor e de fácil aplicação, quando espalhado sobre a pele, o creme destrói a queratina dos pelos que podem ser retirados depois de alguns minutos com uma esponja ou espátula.

Cera quente

É bastante eficiente para remoção precisa dos pelos A temperatura da cera, que pode variar entre 38 e 40 °C, ajuda a abrir os poros, facilita a extração dos pelos e provoca menos dor. Esse método deve ser evitado por quem possui vasos dilatados.

Fotodepilação

Os métodos mais comuns são o de luz intensa pulsada e laser. O primeiro consiste na aplicação de um feixe concentrado de luz na área a ser depilada. O calor da aplicação se concentra no bulbo, o que faz o pelo cair depois de alguns dias. É mais eficiente para pessoas com pele clara e pelos finos. A legislação brasileira permite as aplicações sejam feitas em clínicas franqueadas com a supervisão de um médico dermatologista. Pessoas com tatuagens, câncer, problemas cutâneos, gestantes e outros grupos de riscos devem evitar o tratamento.

A depilação a laser pode eliminar até 80% dos pelos definitivamente, mas é preciso realizar entre 8 a 10 sessões com, no mínimo, 15 dias de intervalo. É um procedimento caro, doloroso e que não deve ser feito em peles de tons escuros. A exposição à luz solar também deve ser evitada durante o tratamento. Ao contrário da luz intensa pulsada, o procedimento de aplicação só pode ser feito por médicos dermatologistas.

Possibilidades

Corpo

veja mais sobre o tema