Fundamentos

Razões religiosas

Os primeiros pensadores ocidentais, entre eles, Pitágoras, Platão e Epicuro, foram os que iniciaram a defesa da dieta vegetariana como uma maneira de viver respeitando a natureza. Eles condenavam sacrifícios sangrentos em cultos, acreditavam na reencarnação das almas e buscavam princípios de harmonia cósmica. Ao mesmo tempo, na Ásia, o hinduísmo, o budismo e o jainismo adotavam alimentações vegetarianas. As pessoas que seguiam essas religiões recusavam-se, por motivos éticos e ascéticos, a matar animais para comer. Também algumas vertentes do cristianismo e do judaísmo. Certas ordens monásticas passaram a se alimentar apenas de vegetais.

Razões éticas

Primeiro, as questões éticas ligadas à dieta vegetariana eram mais ligadas às nossas relações com o mundo natural. Elas eram adotadas por intelectuais como Shelley que percebiam nesse tipo de alimentação um valor ético da relação do ser humano com a natureza. Atualmente, essa postura foi tomada por questões de fundo mais real.

Explore

Todo mundo pode ser vegetariano?

Todo mundo pode ser vegetariano?

Vivencie

Guia

Goa Gourmet Vegetariano

Goa Gourmet Vegetariano
Aula e Curso

Curso cardapio vegetariano da entrada à sobremesa - teaser

Curso cardapio vegetariano da entrada à sobremesa - teaser
Aula e Curso

Curso de cardápio vegetariano da entrada à sobremesa

Curso de cardápio vegetariano da entrada à sobremesa

Para pensar

A ética deve guiar nossa alimentação?

Para muitas pessoas, a questão ética acaba se tornando o principal motivo para adotar uma dieta vegetariana. A grande maioria desses indivíduos acredita que matar animais para alimentação é algo erra...

VEJA MAIS

Possibilidades

veja mais sobre o tema